Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



facebook




Contacto

Facebook


FC Porto: “Não há vergonha no futebol português”

Quarta-feira, 04.01.17

danilo luis godinho.png

A anedótica expulsão de Danilo, que sofreu carga do árbitro Luís Godinho, levou o FC Porto dizer “basta” aos erros da arbitragem.

 

 

 

 

Através do boletim Dragões Diário, os dragões responsabilizam o Conselho de Arbitragem pelos constantes erros dos homens do apito.

 

“É tempo de gritar basta, de desmascarar todo este polvo que criou um monstro em que árbitros sem experiência, sem provas dadas, são transformados em internacionais proveta. O FC Porto vai lutar todos os dias e os dias todos que forem preciso para acabar com estas situações”, publicou o clube.

 

“Com nomeações sempre a piorar”, o Conselho de Arbitragem, liderado por José Fontelas Gomes, é o principal visado pelas críticas: “Definitivamente, não há vergonha no futebol português e quem menos vergonha tem é quem é responsável por este estado de coisas. E sabem porquê? Porque o até ontem desconhecido Luís Godinho é a partir deste mesmo mês de Janeiro árbitro internacional, indicado pelo Conselho de Arbitragem. Pelas boas arbitragens não é certamente. Pelos bons desempenhos em jogos de grau de dificuldade elevado não é, porque não os fez, pelo menos em quantidade aceitável. Então por que será?”

 

 

Pela exibição do árbitro no jogo de ontem, com o Moreirense, é que não é de certeza, segundo o FC Porto: “Luís Godinho interferiu claramente com a verdade desportiva. Luís Godinho retirou o FC Porto de uma competição, como já tinha feito João Capela. Luís Godinho interferiu até na próxima jornada, por expulsar um jogador que teve a infelicidade de não ver que o árbitro caminhava na sua direcção. E não, isto não é um azar a seguir ao outro, porque Luís Godinho conseguiu mostrar um amarelo aos jogadores do FC Porto a cada 2,29 faltas cometidas”.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)