Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



facebook




Contacto

Facebook


Os negócios ruinosos das privatizações e os esquemas montados por esta classe política corrupta

Segunda-feira, 21.09.15

Num vídeo ‘chato’ de cerca de duas horas, Paulo Morais, Mariana Mortágua, Raquel Varela e Gustavo Sampaio explicam os negócios ruinosos das privatizações e os custos que isso vai trazer para o país no futuro próximo.

 

 

Mariana Mortágua vai direta ao assunto, dizendo mesmo que ‘ninguém compra uma empresa que dá prejuízo”, desenganando o governo quando diz que estas empresas têm de ser vendidas por não darem lucro. Mentira!

 

A deputada do BE até faz menção a uma empresa que não dá lucro (Carris) explicando que neste caso a empresa não é privatizada, passando a PPP, onde o estado (nós) cobre o prejuízo e o parceiro que fizer a gestão fica com o lucro.

 

As vendas da EDP, CTT, PT, REN, TAP, etc… a capitais estrangeiros, é a destruição do estado português. Quem pensar o contrário, ou é louco, ou não sabe fazer contas.

 

A mesma deputada mostra um gráfico onde é possível ver que todas estas empresas davam lucro, incluindo a TAP. E que as mesmas só passaram a dar prejuízos devido aos seus gestores, aos seus negócios ruinosos. No caso da TAP, os problemas começaram com a compra de empresas falidas, como a Portugália e a brasileira Varig.

 

Também é mencionado a forma corrupta como todos estes negócios são efetuados. Nomes com o de Miguel Frasquilho surgem como estando envolvidos em negócios algo estranhos, onde o mesmo era mediador do estado e estava igualmente ligado a empresa que ia efetuar a compra.

 

É possível ver neste vídeo que o governo da atual maioria PSD/CDS e antigos governos do dos mesmos partidos, bem como antigos governos do PS, venderam Portugal à medida dos interesses do grande capital.

 

Vejam o vídeo, façam um esforço para ver o grosso destas intervenções e, no dia 4 de outubro, é preciso dar uma lição nestes partidos da ‘liquidação nacional’, partidos ligados a graves esquemas de corrupção e destruição da pátria. É preciso votar numa força diferente. ACORDA POVO!

 

 

 

 

 
 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)