Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



facebook




Contacto

Facebook


Mercedes foge com o cu à seringa pela responsabilidade de um carro com defeito que se incendiou

Quinta-feira, 19.11.15

A Mercedes parece não querer assumir a responsabilidade por um veículo seu, aparentemente do nada, se ter incendiado. Em baixo podemos ler o comunicado do proprietário a manifestar o seu descontentamento.

 

Lembram-se do magnífico carro do Pedro Ribeiro que tive a sorte de ganhar no passatempo da Comercial? (ver vídeo em baixo)

 

Sim, já foi há algum tempo... Fiz apenas uma viagem com ele porque depois cedi-o ao meu irmão. Bem não foi bem ceder porque ele deu-me uma compensação por isso e teve muitas despesas com ele. Passado pouco tempo disso ter acontecido, mais concretamente no dia 7 de Junho de 2015, num domingo em que o meu sobrinho fazia a sua primeira comunhão, o carro ficou neste estado.

 

O meu irmão viajava com os meus pais, a mulher e a filha para poderem estar presentes na festa do seu filho. Depois de andarem aproximadamente 150 km (menos de 2 horas de viagem) o carro começou a perder potência e o acelerador deixou de responder. Acendeu-se uma luz com um símbolo em forma de triângulo laranja e com a expressão "ESC.". O meu irmão estacionou imediatamente o carro e passado cerca de 1 minuto decidiu fazer um teste para verificar se o problema se mantinha.

 

Ligou novamente o carro, andou 200 metros e fez marcha atrás, voltando ao local onde tinha estacionado, desta vez a luz já não acendeu e o carro estava aparentemente a funcionar normalmente. Desligou novamente o carro e ao abrirem as portas notaram muito fumo e o carro começou de imediato a arder, na parte direita, à frente, perto dos pneus.

 

O meu irmão só teve tempo de tirar a filha de 3 anos de dentro do carro e depois alguma bagagem que levavam. Os meus pais e a minha cunhada também tiveram a sorte de conseguir sair rapidamente, tendo inclusive a minha mãe ficado aleijada numa perna por ter caído enquanto corria para se afastar do veículo. Ainda assim foi uma grande sorte, ninguém ter ficado gravemente ferido.

 

De imediato foi dado conhecimento à Mercedes do sucedido. O carro foi levado para uma oficina da Mercedes e disseram que iriam fazer um inquérito ao sucedido. No dia anterior a este acontecimento o carro tinha estado num concessionário da Mercedes onde foi efetuada uma mudança do óleo da caixa de velocidades e o respetivo check-up, não tendo acusado qualquer problema.

 

O meu irmão enviou todos os dados pedidos pela Mercedes para a investigação. No entanto, a Mercedes não respondia às diversas perguntas que iam sendo colocadas através da troca de emails. Após alguns meses, deram o inquérito como concluído sem apresentar nenhum relatório do mesmo e tendo indicado que não lhes foi possível tirar qualquer conclusão. Descartando-se, assim, do ocorrido. Nesses emails a Mercedes opôs-se à divulgação na comunicação social do sucedido.

Podem ver todas as fotos seguindo este link.

 

 

 

 

 
 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)